Saltar para a informação do produto
1 de 1

Referência: SKU:1050

A VIDA DE D. FR. BARTHOLOMEU DOS MARTYRES

A VIDA DE D. FR. BARTHOLOMEU DOS MARTYRES

Preço normal €75,00
Preço normal Preço de saldo €75,00
Em promoção Indisponível

SubTitulo: da Ordem dos Pregadores, Arcebispo , e Senhor de Braga, Primaz das Hespanhas. Repartida em seis livros com a solemnidade de sua trasladação por Fr. LUIZ de CACEGAS da mesma Ordem, e Chronista d`ella na Provincia de Portugal. Reformada em estylo e
Autor: SOUSA, FREI LUIS DE
Edição: ordem, e ampliada em successos e particularidades de novo achadas por Frei Luiz de Souza
Descrição: São 3 Tomos, enc. da época de lomb. em pele de XII+ 434+ (1) p.; 368+ (1) p.; 362+ (1) p.; 21 cm. O 3º tomo tem alguns sinais de bicho no festo mas não afeta o texto. " Chamado no seculo Manuel de Sousa Coutinho. N. em Santarem, no anno de 1555, segundo a opinião de alguns dos seus biographos. Consta que depois de concluidos os primeiros estudos, determinara seguir a profissão das armas, ou se alistára, como alguns dizem, na ordem Militar de Malta, e a bordo de uma galera da mesma ordem foi captivo pelos mouros, e conduzido para Argel, pelos annos de 1575- 1576. N`esta cidade adquiriu conhecimento e tracto de amisade com Miguel de Cervantes, que para ahi fôra levado na mesma condição pouco tempo antes. Resgatado, ao que parece no anno de 1577 ( o mesmo em que faleceu seu pae), regressou a Portugal por via de Hespanha, na opinião mais provável pelos annos de 1579. Casou entre os de 1584 e 1586 com Dona Magdalena Vilhena, tida por viuva de D. João de Portugal, que passava por morto na jornada de Africa; e continuou residindo, ora em Lisboa, ora na villa de Almada. Sabe- se que estava em Madrid, no anno de 1600, e crê- se que então emprehendêra uma viagem às Indias Occidentaes d`onde voltára á patria em 1604 ou no anno seguinte. Viveu ainda alguns annos com sua familia, até que em 1613 elle e sua mulher tomaram o acordo de separarem- se, recolhendo- se uma ao convento do Sacramento de Lisboa, e entrando o outro no de S. Domingos de Bemfica. Ahi passado o anno do noviciado professou a 8 de Septembro de 1614, mudando então o nome no de Fr. Luis de Sousa. O motivo d`esta separação é ainda duvidoso para muitos, que tomam à conta de romance o que relata Fr. António da Encarnação no prologo da segunda parte da História de S. Domingos; outros porém o admittem como veridico e plausivel. Seja como for, viveu Fr Luis de Sousa no Convento de Bemfica dezanove annos, durante os quaes não quiz acceitar na ordem cargo algum se não o de Chronista, a que o obrigou a obediencia. M. no mez de Maio de 1632. Quanto ao dia, é ponto controverso entre os biographos, como o são tantas outras circumstancias da sua vida: pretendendo uns que ele falecesse a 5, outros que a 11. (...) " In- Inoc.- T. V- 327

Ver detalhes completos

Procura alguma obra específica?

Se procura algum título ou autor em concreto poderá optar por pesquisar através da nossa ferramenta de busca, clicando no botão abaixo.